Retorno Fúnebre

em

53d3a05b518af8853e394ac1a9a84ad0

 

As paredes gélidas os móveis empoeirados
Lembranças desfiladas em retratos
Teias ornamentam o acortinado
Assombrando o rosto lívido
.
Uma saudade penosa repousa os pensamentos
Calafrio fúnebre percorrendo a espinha
Flashes comprimindo o peito desabitado
Disparates roucos numa voz de dor
.
Flores mortas no jardim outrora colorido
Folhas secas  dançando ao sopro do vento
Manhã cinzenta assassinando o sol
O pulso lento e nos olhos vazio 
.
O amor sem amor regressou a casa.
.
.
Annalu Amor’im


lu amor’im | somente alguns direitos reservados – pergunte-me quais.

exclusiv@lu

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem.  Os comentários deixados nesta publicação são de exclusiva responsabilidade de seus autores.

Anúncios

9 comentários Adicione o seu

  1. L.H.F. disse:

    Sensacional! Fez beleza da dor e confesso que esse me acertou em cheio

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lu Amorim disse:

      。◕‿◕。 Obrigada, vida!
      É bombom recebê-lo por aquii!!
      Que tua tarde de domingo seja memorável como o cantarolar dos pássaros dentro do peito em dias de sonhos coloridos.
      Beijos de chocolate!!!

      Curtir

  2. Lunna Guedes disse:

    respirei fundo e fui me dissolvendo aqui.
    Menina, estou em soluços.
    Que delícia te ler

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lu Amorim disse:

      ✿。◕‿◕。❀ Gosto tanto da sua sensibilidade minha Catarina! És intensa lendo e muito mais ainda escrevendo. Cada vez que vens aqui minha alma floresce. Muito obrigada pelo carinho e amizade.
      Beijos achocolatados e deliciosas inspirações.
      ╲\╭┓
      ╭ ❤ ╯
      ┗╯\╲

      Curtido por 1 pessoa

  3. Ela voltou… 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lu Amorim disse:

      ◕‿-。 Voltou trazendo flores
      acendendo perfumes
      vibrando cores!

      Saudade do MOCHILEIRO DO PENSAMENTO!
      Beijos de chocolate e muito mais paz no coração!ღ⁀⋱‿★

      Curtido por 1 pessoa

  4. É tão doído, eu diria que uma dor cortante. O vídeo musical combinou com perfeição tanto com a imagem e o poema. Imaginei o cenário e vi tristeza profunda nos olhos dela. É muito doloroso mas lindíssimo! Parabéns! Há tantos personagens feridos dentro de ti, poetisa. E tanta beleza em cada um… Este escrito, confesso, me paralisou. Fiquei pesaroso com a dor dela.
    Beijão!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lu Amorim disse:

      ღ… Ela já não sentia mais o pulsar da vida. A morte do amor havia apagado o sentido, o prazer de viver… a alegria agora desfalecida.
      Obrigada por me ler! É sempre mais que bombom receber suas visitas e muito mais ainda seu comentário. Gratidão!
      Beijos de café com bombom e mugir de alegria, muita alegria! ◕‿-。

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s