A poesia sofreu sangrando a tinta

[…] Tenho saudades
das noites e dos dias
Embalados nas quimeras
da tinta negra
jorrando como lágrimas
quentes…. perdidas
no meu olhar enfeitiçado
desse (a)mar/… ღ

Emoções da Pele

[…]
Na união das centelhas
Vejo teus olhos brilhar
E na luxúria vagueias
Querendo tudo me dar.

ღ⁀⋱‿ ❤❥

Sombria recapitulação

[…]
Quando repouso em mim
Meus pensamentos não são inabaláveis
Nem minha memória tão destrutiva
Que possa a cada fim do dia
Apagar-me da mente
Essas marcas sombrias e imortais.
É a vida … nem tão bonitaღ

Poema de febre

[…]
Se tu me perguntas
como quero o vento hoje,
Olho para o cardápio
e respondo demorado,
Eu o quero bem passado,
De preferência,
Que seja ao teu lado.

Eu te amo tanto. Mas tanto, tanto, sabe?

[…]
Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada, feliz e forte em si
mesmo.
– Carlos Drummond de Andrade
➴… ღ⁀⋱‿ ✴